[Resenha] Brasil Cyberpunk 2115 é uma aventura “adamsniana”

Não se engane. Por trás do título poderoso e da capa sugestiva, o que você encontra em Brasil Cyberpunk 2115 não é uma séria epopeia cyberpunk, mas uma história divertida cujo tom nos lembra a narrativa de Douglas Adams.

– Ah não, cê não vai vir com esse papinho agora? Depois cê leva um tiro na cara e me sobram esses dois sacos não sei do quê, daí aparecem uns DMs aqui na minha casa, me prendem em flagrante, escrevo minhas memórias na prisão, viro uma líder espiritual, ganho respeito da comunidade, tenho uma recaída com prostitutas, peço perdão na hipernet… Enfim, cê acaba com a minha vida.

Leia mais...

Levando a sério

“Eu escrevo porque é o meu trabalho. Foi assim que uma das escritoras que mais admiro atualmente me fez acordar para a vida, parar de levar tudo como uma mera brincadeira de criança que pode ser iniciada e encerrada a qualquer momento e me debruçar sobre o ofício com a seriedade que lhe é de direito.

 

Leia mais...